Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

My truth

A minha verdade. O que sinto e vejo. O que sou.

My truth

A minha verdade. O que sinto e vejo. O que sou.

10.01.19

Hoje, eu faço 22 anos e o blog 6 meses


#RapazSecreto

 

22 anos, muitos sonhos e objetivos, algumas conquistas e muitos volte-faces... Uma vida: a minha vida.

 

Se há um ano, entrei no meu dia de aniversário a chorar, pelas saudades e tristeza que sentia pela perda da minha avó, hoje, inicio este dia a sorrir. Não porque não me recorde dela, mas porque sou grato à vida, apesar da falta que ela me faz. Cabe-me aproveitar os que ainda cá estão, o que ainda tenho e o que ainda sou.

 

Há alguns anos, jamais imaginaria que esta seria a minha vida, por altura do meu vigésimo segundo aniversário. Não cheguei onde queria chegar, não concretizei tudo o que sonhei, nem segui o plano pormenorizado que idealizei. Ao adolescente de outrora diria que sonhasse menos e vivesse mais, porque o tempo escasseia e as oportunidades que ele negara não surgiriam novamente. Contudo, o adulto de hoje sabe que tudo faz parte de uma aprendizagem e de um plano maior que lhe escapa. Não acreditando em Deus e desconhecendo o que não é dizível, confio-me à vida.

 

Sinto sempre que o meu aniversário é o dia que dita o início do meu novo ano. Por isso, que este seja de aprendizagem, de sucessos, de conquistas, de sonhos, de crescimento e evolução. Que eu saiba aproveitar o que tenha, que eu saiba ser grato, que eu saiba viver.

 

Hoje, também o blog completa seis meses. Através dele, partilhei um pouco de mim, do que penso e sinto, do que é a minha vida, os meus sonhos e objetivos, a minha felicidade e a minha tristeza. Apesar de escrever por gosto, mentiria se negasse quão prazenteiro é receber comentários e visitas neste meu espaço. Saber que alguém me lê aquece-me o coração, faz-me sentir que há alguém que me dedicou um pouco de atenção, por pouquíssimo tempo que seja.

 

Aos que por aqui passaram, o meu mais sincero agradecimento pelo vosso tempo, pelas vossas palavras, por me terem lido. Esta experiência não seria a mesma sem vós.

 

Agora, é tempo de celebrar o que vivi e o que viverei, é tempo de aproveitar os meus, é tempo de cuidar de mim e agradecer o que a vida já me deu e o que ainda me tem por dar.

 

#RapazSecreto

26 comentários

Comentar post

Pág. 1/2