Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

My truth

A minha verdade. O que sinto e vejo. O que sou.

Se é Dezembro, é Natal.

30.11.18, #RapazSecreto

 

Se é Dezembro...

Mês de sorrisos e encantos.

Época de sacos brilhantes e papéis de embrulho bonitos.

Altura daquela que é, por excelência, a festa da família.

 

É Natal.

Sempre gostei de Dezembro, apesar de não gostar da chuva e do frio. Se há uns anos, o Natal era receber prendas, hoje é família. É amor. É tempo de qualidade para estar e ser. É, também, surpreender. É dizer sem medos o quanto se gosta, o quanto se quer, é partilhar e não esperar receber.

 

Este ano é especial. É o segundo Natal sem a minha avó e, desde o ano passado, sei por que esta é a uma época tão dolorosa, para quem conhece a realidade da perda. Sei o que é pensar como aquela seria uma noite diferente se naquela mesa, naquele sofá, naquela casa, estivesse a pessoa que falta. A pessoa que sempre lá esteve. É olhar para trás e perceber como se deu por garantido o que não o é.

 

Este ano, só quero agradecer. Agradecer os que estão. Agradecer os que ficam. Vivê-los. Senti-los. Porque só há uma certeza: não sabemos se estaremos todos no ano seguinte.

 

Façam o mesmo, quanto mais não seja, porque os bens materiais ficam , mas os "nossos", em algum momento, partirão .

 

#RapazSecreto

29 comentários

Comentar post