Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

My truth

A minha verdade. O que sinto e vejo. O que sou.

My truth

A minha verdade. O que sinto e vejo. O que sou.

24
Set18

TAG - Sunshine Blogger Award

#RapazSecreto

A Carol (do blogue It's Carol) desafiou-me a responder a 11 questões da tag Sunshine Blogger Award. A ela, uma vez mais, agradeço o desafio e a oportunidade.

 

 

1. Que tema de conversa, por algum motivo, te deixa desconfortável?

Não creio que haja um tema que me deixe desconfortável por si mesmo. Ainda assim, quando as pessoas são intransigentes e impõem a sua opinião, a conversa/tema torna-se desconfortável. Gosto de debater assuntos e partilhar a minha opinião, mas só faz sentido, quando há respeito e espaço para tal.

 

2. Qual foi a frase mais divertida [e irreal] que leste na descrição de uma foto de instagram?

Não me recordo de uma frase específica, mas faz-me sempre confusão, quando homens e mulheres partilham fotos super sexys e em que estão a dar tudo e colocam uma descrição super profunda e sentida. Pessoalmente, não me faz sentido. Mais valia não colocar nenhuma descrição, porque a imagem diz algo totalmente diferente.

 

3. Mesmo que não tivesses jeito nenhum, passavam-te uma máquina fotográfica profissional para as mãos e só tinhas oportunidade de tirar uma fotografia. Quem ou o quê escolherias fotografar? E porquê?

Talvez tirasse uma fotografia aos meus - família e amigos próximos. São eles quem nunca me falham, quando precisam. São eles quem me segura nos dias bons e nos dias maus. A verdade é que o meu mundo não seria igual sem eles.

 

4. Hoje, agora mesmo, no preciso momento em que estás a ler esta pergunta, tinhas de escolher alguém [entre todas as pessoas deste mundo e do outro] para levar a jantar à restauração de um shopping. Quem levarias e quem, definitivamente, não gostarias de encontrar? [Já agora, porquê essa escolha?]

Se só pudesse levar uma pessoa, talvez escolhesse uma amiga com quem já não estou há alguns meses e com quem tenho que por a conversa em dia. Aliás, já nos devíamos ter encontrado, mas não conseguimos arranjar uma data que conviesse aos dois. Não gostaria que aparecessem pessoas de um antigo grupo de amigos do qual fazíamos parte, porque perdemos o contacto com eles. Não, porque me incomodem, mas porque era desnecessária a conversa de ocasião.

 

5. Que parte da letra de uma música não te sai da cabeça ultimamente?

"She has dreams to be an envy, so she's starving/ You know, covergirls eat nothing/ She says beauty is pain and there's beauty in everything/ What's a little bit of hunger?/ I could go a little while longer, she fades away/ She don't see her perfect, she don't understand she's worth it/ Or that beauty goes deeper than the surface". Scars to your beautiful - Alessia Cara.

 

6. Se estivesses num ambiente profissional [escola, universidade, trabalho...] e tivesses a oportunidade de apagar 15 minutos da memória das pessoas que estão contigo nesse momento, o que farias ou dirias para testar as suas reações, sabendo que depois ninguém se lembraria de nada?

Esta pergunta é tão boa e eu não consigo pensar numa resposta à sua altura. Estou desiludido comigo!

Bem, talvez testasse perceber como reagiriam alguns professores às opiniões que os alunos têm deles. Gostaria de perceber se é algo com que eles se importam ou se são indiferentes a isso.

 

7. Qual foi a última mensagem que recebeste?

"No meu serviço tenho uma senhora com uma obsessão por gatos "

 

8. Consegues escolher uma cor e um objeto [não necessariamente associados] que representem a tua infância?

 

A minha cor favorita em criança era o azul (embora, desde a minha adolescência, seja o laranja) e um objeto que representa muito bem a minha infância seria a coleção de livros da Rua Sésamo. Eu tenho a coleção toda e adorava!

 

9. Há algum post que gostavas de partilhar no blog, mas ainda não o fizeste? Se sim, porque estás a adiar?

O único tema/publicação em que isso aconteceu foi relativo à minha experiência com a homossexualidade e homofobia, mas publiquei-o há alguns dias ("Há muitos armários"). Já o tinha escrito há dois meses, mas só há pouco encontrei coragem para publicar. Creio que foi pelo facto de ser algo particularmente pessoal e por não ter a certeza do que poderia esperar de quem o lesse. Recebi maioritariamente reações positivas e, apesar de alguém que decidiu enviar vários comentários de ódio, não me arrependo. É, apenas, a minha verdade.

 

10. Existe alguma questão que não te saia da cabeça, algo em que não consigas para de pensar?

Neste momento, estou muito tranquilo e não há nada em que esteja sempre a pensar. Ainda assim, a maior parte do tempo, tenho várias músicas na minha cabeça, como aquela cujo excerto falei há pouco. Eu sou viciado em música.

 

11. Se tivesses de escolher um livro/filme/série para outra pessoa ler/ver [do início ao fim, obrigatoriamente], qual escolherias e porquê?

O filme "Viver depois de ti" é um filme com uma excelente mensagem e aborda um tema que me é especialmente sensível. Foi daqueles filmes que realmente me tocou e que jamais esquecerei. Um filme sobre amor, a vida, a morte e a doença.

Um livro que também me marcou foi "O rapaz do pijama às riscas". A história é arrepiante e o final é realista. Foi dos poucos livros que verdadeiramente me emocionou e me deixou durante muitos dias a pensar. Para além disso, o livro está muito melhor conseguido que o filme (apesar de este ser fiel à obra escrita). Uma história de amizade entre dois rapazes com uma grande diferença - um deles está num campo de concentração para judeus e o outro é filho do novo comandante deste campo.

Por fim, uma série que estou a adorar é a "Casa das Flores" (Netflix) - é assumidamente uma sátira às telenovelas mexicanas e, apesar de ser de humor, fala de assuntos importantes, como questões LGBT, as relações familiares, a importância da manutenção de uma determinada aparência para o mundo externo, entre outras.

 

Desafio algumas pessoas a responderam às mesmas questões, caso ainda não o tenham feito: A desarrumada, a Ana, a Helena Duque, o Nuno e a Daniela

 

#RapazSecreto

16 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Visualizações

visitas

Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D