Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

My truth

A minha verdade. O que sinto e vejo. O que sou.

Uma visita às urgências do hospital

07.12.18, #RapazSecreto

 

Terça-feira, pouco depois das 8 horas e 30 minutos.

 

Uma queda daquelas bem grandes, a minha cabeça direta ao chão e, por fim, o desmaio, durante alguns minutos. Quando acordei, reconhecia as pessoas e o local, mas não me lembrava de ter ido para aquela sala, nem por que razão haveria de estar. Não me recordava dos minutos que antecederam a queda, nem estava certo do que tinha acontecido.

 

As memórias regressariam, pouco a pouco, nas horas que se seguiram, entre a viagem de ambulância para o hospital e os exames e análises que me fizeram.

 

Apesar do susto, da ambulância que não parou, enquanto não chegou ao hospital, da pulseira amarela, da confusão, das dores e de um hospital cheio, estou bem.

 

Ainda há dores (muitas e bem fortes, até), mas o tempo curará o resto. Não há sequelas e isso é o mais importante. Fui bem atendido e voltei a perceber que, apesar dos poucos recursos, há profissionais exímios, dedicados e esforçados. Tive os meus a meu lado, sempre e, sem eles, nada teria sido assim.

 

Agora, entre as dores e o cansaço, é preciso estudar para um exame que me aguarda na próxima terça-feira. Porque nós não somos de nos dar por vencidos, mesmo quando tudo parece conspirar contra nós.

 

Por fim, só me resta agradecer, porque no meio do azar, eu sei que tive muita sorte.

 

#RapazSecreto

16 comentários

Comentar post